No domínio do jogo, Luli lança “Game Over” em parceria com Gabrá

No domínio do jogo, Luli lança “Game Over” em parceria com Gabrá

“É muito mais do que um single”. A frase refere-se a “Game Over”, nova música lançada por Luli, em todas as plataformas digitais. E a frase de abertura deste texto não é apenas para surtir efeito ou impressionar, mas o “muito mais” é para valer. Dúvida? Pois acompanhe tudo o que um single pop de 3 minutos pode carregar.

 

“Game Over” é a segunda canção de trabalho de Luli, desde que participou do programa The Voice, teve aprovação dos quatro jurados – Iza, Michel Teló, Carlinhos Brown e Lulu Santos -, e até virou protagonista no anúncio da temporada na TV.

 

O single, lançado há quatro meses, trazia um R&B misturado com trap e embalado em pop delicioso, chamado “Dormir Bem (Pouco)”. Além disso, apresentava Luli conforme boa parte do público esperava, uma menina talentosa que desabrochava à frente dos fãs.

 

Neste “Game Over”, a compositora e cantora de 24 anos lida com maestria com sua sensualidade natural. E também com o pop puro, que sua voz parece ter nascido para entoar. Quando falamos de pop interpretado por artista brasileiro, a ligação imediata é com alta dose de funk, principalmente. Só que o que Luli conduz no lançamento é o pop que verte para os Estados Unidos, conforme as divas do gênero ensinaram e ensinam há décadas.

 

Há forte influência de anos 1990, mas um acento contemporâneo. Até mesmo pelo lado lírico, que pisa firme no empoderamento feminino. Daí que vem a sensualidade já comentada e daí que vêm as referências a um certo passado próximo (os tais anos 90) e a viagem no tempo musical para a sonoridade atual, claramente afeita a charts da Billboard.

 

Luli divide a composição com o também produtor Pe Lu. E divide os vocais com o trapper carioca Gabrá. “Game Over” nasceu, aliás, com brecha planejada para encaixe de rimas de rap. No processo, o feat. se mostrou perfeito com Gabrá. “Ficou um contraste bem legal, em relação às vozes e às ideias do som. A música veio com uma pegada bem pop que eu me amarro em fazer e o clipe ficou lindão”, diz o trapper. Ele igualmente faz um contraponto no clipe, que tem argumento da artista.

 

A versão visual da música traz um cenário que alterna entre o futurismo e as referências ao passado. Nessas, Gabrá se vê cercado por aparelhos vintage e um ar de quem está mandando mal no jogo da sedução. O tal “game over”. Enquanto Luli dança a coreografia azeitada de Juliana Lozano.

 

São tantos elementos a embalar e preencher o pacote que, no caso, o melhor a fazer é desatar o laço, escutar a música e assistir ao clipe. Está vendo por que a frase de abertura não era uma jogada de efeito para atrair seu interesse?

 

Sobre Luli:

 

A jovem cantora, atriz e modelo de apenas 24 anos,  já carrega em sua trajetória uma vasta experiência no ramo artístico. Aos 12, os pais a colocaram em aula de canto, após esgotar o estoque de apresentações que promovia em casa imitando Beyoncé e Britney Spears. Ao canto, juntou treinamento em balé, dança, jazz e ginástica rítmica, quase em programação de artista da Disney por conta própria. E foi justamente nos musicais onde ela deslanchou a primeira parte da carreira. Formou-se em teatro e teatro musical, participou dos espetáculos “Meninas Malvadas”, “Os Produtores”, foi a Bela, em “A Bela e a Fera”, até que em 2020 veio a virada solo. Semifinalista da última temporada do programa The Voice Brasil, Luli garantiu sua vaga no Time IZA após uma memorável performance nas audições às cegas, que fez virar as cadeiras de todos dos jurados.

 

Como próximos passos, Luli planeja o lançamento de suas canções autorais em uma carreira solo na música pop, trazendo sua sensibilidade poética para as composições. Ela planeja levar sua experiência no teatro musical para os palcos. A artista é formada em Artes Cênicas pela Escola de Atores Wolf Maya e especializada em teatro musical pela 4ACT Performing Arts, pioneira na formação de atores para teatro musical no Brasil.

Higor Vicente

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: