Entrevista Exclusiva: Lua fala sobre carreira, o sucesso de ‘Flor da Lua’ e futuros trabalhos

Entrevista Exclusiva: Lua fala sobre carreira, o sucesso de ‘Flor da Lua’ e futuros trabalhos

A cantora e compositora Lua vem arrasando corações nas últimas semanas e ganhando destaque na música brasileira.

Lua começou com a cantar bem novinha e hoje aos seus 22 anos, já está sendo um grande sucesso. Seu último single lançado, a tão amada faixa ‘Flor da Lua’, vêm ganhando cada vez mais o coração dos fãs da cantora e novos admiradores.

Nas últimas semanas a música, que é um feat com o cantor e compositor Dada Yute, entrou no top 10 das músicas mais tocadas nas rádios do Brasil, ocupando a 7ª posição, e logo em seguida a música subiu para a 6ª, um reconhecimento incrível. Além do sucesso nas rádios nacionais, a música já acumula mais de 200mil plays no Spotify.

E para comentar todo esse sucesso, batemos um papo super legal com a cantora e ela falou sobre a carreira, projetos e muito mais. Confira essa entrevista exclusiva:

Sucesso Pop: Como foi o seu primeiro contato com a música e em que momento você soube que era o que você queria fazer?

Lua: Meu primeiro contato com a música na verdade foi bem cedo, e até eu decidir que realmente seria a minha profissão foram vários processos. Minha família inteira é envolvida com música, o precursor foi meu avô por parte de mãe, que trilhou primeiro essa caminhada e teve várias realizações lindas de carreira, minha avó materna que não tive oportunidade de conhecer também, ambos eram compositores e cantores. Mais pra frente tivemos meu tio, Mayam, que além de cantor e compositor também é produtor, e ele é só 10 anos mais velho que eu, então acompanhei desde sempre a carreira dele indo em shows, entregar cds em rádios, e ele que produziu minha primeira composição, há 5 anos atrás, talvez ele seja a influência mais forte, porque vivi várias coisas junto desde pequena. Minha mãe além de bailarina também fez vários musicais, entre outras profissões na área de saúde, então também tive acesso á grandes performances durante a infância, fazia troca de roupa dela em 30 segundos pra rainha voltar pro palco desde bem pequena. Até meu pai teve banda cover de rock na adolescência, e um dos irmãos dele tem banda até hoje. Meu irmão, Lucca, que artisticamente tem seu nome “Pimp” também começou bem cedo, aos 12, a frequentar e participar de batalhas de rima, já produziu músicas comigo e agora se prepara pra lançar sua carreira também. Então realmente é uma família musical. Desde que me entendo por gente eu canto e amo cantar, aos 12 comecei a compor, mas foi apenas aos 17 que resolvi que queria me lançar como cantora. Fiz cover a adolescência inteira no meu Facebook, porque não tinha coragem de cantar minhas letras, achava profundas demais, mas não conseguia ficar afastada, então os covers me faziam sentir perto da música de uma forma confortável na época. Aos 16 gravei meu primeiro refrão e depois disso ascendeu essa luz dentro de mim. Aos 17 tomei minha decisão, mas ainda havia toda a insegurança de precisar ter alguma segunda opção. Então comecei a trabalhar com música e em paralelo, quando me formei na escola, entrei em uma faculdade de veterinária. Cursei dois períodos já trabalhando com a música, no mercado independente. Acabei sofrendo um acidente nesse momento que me fez repensar essa segunda opção de vida que era a veterinária, no dia seguinte do ocorrido acordei falando “se eu tivesse feito minha passagem ontem, não teria ido embora desse planeta feliz por não ter me dedicado ao meu sonho” então tranquei essa faculdade e entrei em produção fonográfica, porque já tinha sido “passada a perna” diversas vezes no mercado independente e vi que precisava me munir de informação, e 4 meses depois de entrar no curso, fui chamada pra ter uma reunião na Warner Music, que vem apoiando e trabalhando minha carreira desde 2019. 2019 é o ano que eu considero que houve o começo, porque foi só a partir desse momento que eu de fato consegui de fato fazer tudo que precisa pra ter uma carreira, com lançamentos frequentes, videoclipes, estratégias de marketing, e um time comigo. Mais recentemente também fechei um contrato empresarial com o escritório Central Sonora, e mais do que nunca estamos com nosso time completo pra dar vazão a toda essa potência artística minha e querendo realizar todos os sonhos mais loucos, juntinho.

Sucesso Pop: Você tem uma pegada bem mais voltada para mistura do pop com o hip-hop, mas também teve certa influência do rock. Hoje, os gêneros acabam se misturando bastante. Como você, Lua, define o seu estilo musical?

Lua: Fico muito feliz que vocês enxerguem essa interseção entre pop e hiphop porque é exatamente como eu me vejo. Toda minha raiz musical, principalmente como compositora, veio da vivência de rua com o hiphop, bem cedo aos 13,14 anos comecei a frequentar rodas de rimas, e as todas as minhas composições eram rap, na verdade elas nem tinham refrão, era completamente underground, mas eu sempre amei cantar, além de rimar. Quando pensei em me lançar aos 17 comecei a estudar mais o mercado da música e comecei a entender uma série de fatores que me levaram onde eu tô hoje. Sempre tive vontade de fazer grandes performances, dançar, trabalhar com eras, mas isso foi guardado em um lugar especial durante um longo período, pela vivência com o underground e o mercado independente. Comecei a perceber que pra suprir meus sonhos ia precisar começar a mesclar meu rap com o pop, foi um caminho completamente consciente mas muito natural e prazeroso, tô sempre ligada nas novas tendências e amo a versatilidade que os anos compondo me trouxe. Acho que essa mescla entre minhas raizes e o pop que me diferencia e traz essa “renovação”, sou uma artista que se preocupa muito com a originalidade, então ser antenada no que está rolando, ter minhas raizes e entender cada dia mais do mercado são agentes facilitadores nesse quesito. Lua é uma mistura desses mundos. Um universo inteirinho pra descobrirmos juntos, já que eu amo bolar projetos novos e inovadores em relação ao meu próprio trabalho. Nova era, nova Lua.

Sucesso Pop:  Em 2019 muita coisa legal aconteceu na sua carreira, a primeira foi a assinatura do seu contrato com a Warner Music e também aconteceu uma colaboração com o Papatinho, conta pra gente como foi para você essa parceria? 

Lua: Foi absolutamente incrível e uma experiência linda, conheço o trabalho do papatinho desde muito cedo com a conecrew, somos do mesmo bairro, então ele sempre foi figura próxima que eu admirava. Mostrei minhas músicas pra ele através da Warner e lançamos o primeiro EP da minha carreira, chamado “Nova”, que conta com as músicas “Dali e Kali” e “Resiliência”, trabalhos que mostram bastante da minha raiz no hiphop inclusive. Ele é um mestre, já aprendia com o Papato antes de conhecê-lo, então foi lindo demais ter essa obra em conjunto.

Sucesso Pop: Você faz participação na música “Guerra Fria” do cantor e compositor Luan Otten como foi para você participar desse single?

Lua: Foi outro feito lindo nessa minha caminhada. Guerra fria chegou pra mim através de outro mestre meu, Be Pauleira, era o lançamento da carreira solo do Luan, e eu fiquei feliz demais pela conexão, achei a música linda e gravei. Já era viciada na música antes de lançar e até hoje escuto em looping. Luan é um artista que eu admiro e tenho muita gratidão, nesse ano fiz duas participações no espetáculo Varanda do Luan em São Paulo e no Rio de Janeiro, e eu até hoje não tenho palavra pra descrever esses momentos mágicos. Guerra fria é um presente e o Luan é um artista generoso, e essa música já tem um espaço especial no meu coração e carreira.

Sucesso Pop: No dia 25 de setembro você esteve em São Paulo para fazer uma participação especial no show do Luan Otten e no dia 23 de outubro você retornou a cidade paulista para cantar ao lado do trio MTK, como foi pra você voltar aos palcos depois de ficar dois em anos sem poder se apresentar?

Lua: Adorei demais essa pergunta. Antes da pandemia tínhamos datas de show fechadas, e como todos os artistas tivemos que cancelar tudo. Essas datas seriam o lançamento do meu show, então isso ficou guardado até podermos estar todos juntos de novo. Fiquei feliz demais de poder estar na terra da garoa duas vezes me apresentando pra tanta gente linda ao lado de artistas que admiro. Eu fico anestesiada quando tô no palco e o contato com o público é uma energia absurda, saio sempre com a sensação de querer mais, e agora estamos com a agenda aberta, tô super feliz de poder me apresentar de novo. O show com a MTK e os com o Luan foram grandes marcos, todos também no meu coração, essa entrevista tá recheada de momentos especiais, tô amando.

Sucesso Pop: Agora falando um pouquinho sobre seu single novo ‘Flor da Lua’ que vem trazendo várias conquistas para vocês, uma delas é a conquista do Top10 das músicas mais executadas nas rádios do Brasil, como foi isso para vocês? E também a música já conta com mais de 200 mil plays no Spotify, como foi ver esse retorno do público? 

Lua: Flor da lua já é um divisor de águas na minha carreira, essa música é um presente do universo, me abriu portas com o público e com o próprio mercado, começando pela produção de 2 caras que eu admiro e amo demais, Pablo Bispo e Ruxell no Beat, e foi uma crescente sabe? Eles chamaram o Dada Yute, artista que tem uma história linda de 20 anos de carreira, que virou meu irmão, todos eles são referências e queridos demais. O clipe de Flor da lua foi outra coisa a parte porque consegui pela primeira vez realizar algo que a pandemia impossibilitou durante 1 ano, que era dançar no meu clipe, fora toda a produção que a gente fez aí em São Paulo também com a minha fada madrinha Babi Silveira, a Pobo Filmes que produziu, e ao Dada que além de entregar todo seu carisma no audiovisual, impulsionou a música com toda força no lançamento junto comigo. Passamos no TVZ Experimente do canal Multishow, no SETLIST do Canal Bis, e por causa de Flor da Lua fui convidada a ser Artista Destaque Do Mês de setembro no canal MTV, canais que assisto desde pequena e que sempre me inspiraram como artista, entramos nas rádios de todo o Brasil com a florzinha, entramos no top 10 no ranking da Crowley na sétima posição das músicas POP mais tocada, e depois subimos de posição pra sexta música mais tocada. Um feito mais louco do que o outro com essa obra. Ganhei muito mais do que pensei em pedir com Flor da lua, tenho tanto carinho por cada casinha que andamos com ela, essa obra não podia ter nome mais cabível, ela vai ser pra sempre minha Flor.

Créditos: @Luadoceu

Sucesso Pop: Recentemente a galera foi à loucura, após a turnê da Recores tour do trio MTK a qual você fez uma participação especial, vocês entraram em um estúdio e vem aí um single da Lua com a MTK? O que você pode contar pra gente? 

Lua: Eu também fui a loucura, hahahaha, eu sou completamente apaixonada pela MTK, e eles são sempre amorosos comigo, pra fechar nosso pote ainda fomos produzir essa música na Hitmaker, adorei conhecer o Wallace e o Breder, caras que eu admiro demais, e foi um dia muito especial pra mim, o que eu posso dizer é que tá muito quente, muito diferente e que é pra ficar ligado em tudo, vou dar uma de mestre dos magos e dizer que vai vir do nada, hahahahaha, mas muito em breve, prometo de dedinho pra vocês.

Sucesso Pop: Antes de finalizar gostaria de te agradecer por ter topado participar dessa entrevista com o Sucesso Pop, foi incrível demais. O Sucesso Pop está aqui de portas abertas para o que você precisar. Conte com a gente. A última pergunta seria se você pudesse definir a Lua, em uma palavra qual seria? E o que você deixaria de recado para a Lua de daqui há 5 anos? 

Lua: Eu que agradeço demais pela oportunidade, pelo carinho, pelas portas, pela oportunidade de falar com o público de vocês, vejo o trabalho dos portais como algo muito importante pra nós artistas e é uma honra pra mim ter essa relação com o Sucesso Pop, o suporte que vocês me dão é mais um presente desses últimos tempos. Um recado pra Lua daqui 5 anos é, pra ela continuar projetando, planejando e realizando, porque foi isso que a Lua de 17 anos começou a fazer. E definir em uma palavra é super difícil, hoje eu vou colocar que é Universo, porque eu tenho um universo inteirinho pra construir no passo a passo das minhas obras e trabalhos daqui pra frente, junto com meu time e com a galera linda que me acompanha.

Para saber mais sobre o trabalho da cantora Lua, Sigam ela nas redes sociais e fiquem por dentro de todos os lançamentos e novidades da cantora:

Instagram

Spotify

YouTube

 

Clipe de ‘Flor da Lua’:

Higor Vicente

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: