“Motel Barato”, é o novo single de Kabraw e Reddy Allor

“Motel Barato”, é o novo single de Kabraw e Reddy Allor

Com origem nordestina, a pisadinha já se tornou o gênero mais ouvido no Brasil de acordo com dados do Spotify. A batida dançante que se popularizou é o que domina o novo single de Kabraw, Motel Barato, que realiza o primeiro feat da sua carreira ao lado de Reddy Allor, uma das drag queens vencedoras do reality Queens Stars Brasil criado e produzido pela Endemol Shine Brasil para a HBO Max. Em seus últimos lançamentos, Kabraw já mostrou sua versatilidade musical ao misturar a veia do pop com elementos de outros gêneros como pisadinha, funk, forró e até batidas eletrônicas.

Para celebrar o Dia dos Namorados, a música tem como tema a principal tradição dessa data comemorativa: o motel. Com estreia no dia 10 de junho, a canção no ritmo bregadeira já entra no clima com letra que descreve aquela atração fatal: “Motel barato, a transa de milhões, a gente junto não vale um centavo”, como diz a letra. “É uma música pra galera se identificar, contando a história de duas pessoas que não valem um centavo juntas, mas que se entendem como ninguém na cama”, conta Kabraw. “E também é um contraponto do dia dos namorados, porque funciona para um casal mas também não precisa ser. Pode ser para duas pessoas que se entendem na atração, na pegação”.

Para conversar com a proposta da música, o clipe dirigido por Tiago Nascimento foi gravado – é claro – em um cenário de motel, com ritmo que faz um verdadeiro convite para dançar, seja sozinho ou acompanhado. A coreografia envolvente foi elaborada por Thiago Rocha, bailarino da equipe de Pabllo Vittar, com a interpretação dos dançarinos May Silva, Weel Santos, Mithi e Jeff Rocha. O styling ficou por conta de Paulo Gallo e a beauty por Rafael Gutierrez.

Reddy trouxe para o feat a sua essência do sertanejo, que dialoga diretamente com o estilo musical que Kabraw vem trabalhado. “O sertanejo vem a cada dia mais se fundindo com outros estilos musicais e o diferencial desse encontro é que somos artistas LGBTQIA+ buscando esse lugar de identificação e representatividade entre os dois estilos”, conta a artista. A faixa foi produzida por Juliano Valle, da Atemporal Records, gravadora com soluções 360º que também está agenciando a carreira de Kabraw.

SOBRE KABRAW

Kabraw chegou na música para mostrar a que veio. Com o coração aberto para ser quem realmente é, o artista tem sua origem na Zona Sul da cidade de São Paulo. “Descobri que eu cantava aos 7 anos de idade. Foi uma sensação que eu não esqueço até hoje, como se tivesse um marco: antes e depois da música. Foi quando eu tive a certeza do que eu queria fazer pro resto da vida”, conta.

Durante 16 anos, se dedicou para a igreja, local em que também teve suas primeiras expressões artísticas. Passou a compreender sua sexualidade como homem gay aos 14 anos de idade, no mesmo período em que teve seu primeiro contato profissional com a música. Ele realizou aulas de canto com ênfase em backing vocal, trabalhando anos depois com a cantora Lauana Prado. Kabraw também foi semi-finalista da segunda temporada do Canta Comigo, da Record TV, além de ser um dos melhores do ano do Dez ou Mil, quadro do Programa do Ratinho.

Kabraw respira música pop, mas o universo dos seus últimos lançamentos traz ainda mais amplitude para sua carreira, com elementos que dialogam com a música nacional. O artista já vem investindo em singles que misturam ritmos do Brasil, como a sofrência romântica de Me Perder Pra Me Encontrar e o funk dançante de Erupção. No momento atual de sua carreira, ele acredita na pluralidade de sonoridades. “Eu sou livre para passear entre vários estilos dentro da minha personalidade, sem me colocar em uma caixa musical”, reforça. Atualmente, Kabraw é agenciado pela Atemporal Records, gravadora com soluções 360º situada em São Paulo.

SOBRE REDDY ALLOR

Reddy Allor é cantora, compositora e Drag Queen do sertanejo. O nome por trás é de Guilherme Bernardes, que ingressou profissionalmente na música aos 12 anos de idade com incentivo da família. Nascido em Olímpia, no interior de São Paulo, suas raízes cresceram dentro do sertanejo a partir de uma dupla com seu irmão Gah Bernardes durante sete anos. Em 2019, Reddy decidiu seguir carreira solo como drag, dando origem ao primeiro single Tira o Olho. A faixa ainda recebeu atenção de Marília Mendonça, que compartilhou o clipe com sua legião de seguidores no Twitter.

No início de 2021, Reddy lançou o projeto ASCENSÃO, EP que traz referências e vivências que ela enfrentou durante a pandemia. Já com um amadurecimento musical maior, Reddy lançou em outubro de 2021 o single Tô Surtando, uma mistura de rock e sertanejo que traz uma sofrência mais profunda e sentimental. Após o lançamento do sucesso Álcool Estima, Reddy se tornou uma das drag queens vencedoras do reality show Queen Stars Brasil, na HBO Max, formando o trio PITAYAS ao lado de Leyllah Diva Black e Diego Martins. O projeto é coordenado pela Endemol Shine Brasil e a gravadora Universal Music. Além do EP homônimo, o trio também lançou o clipe Macetada, que chegou a pegar o pico de #6 dos vídeos em alta do Youtube no seu lançamento.

Higor Vicente

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: