Max & Luan registram novo projeto audiovisual: “Híbrido – Ao Vivo em Goiânia”, com grandes participações

Na noite do dia 31 de agosto, em Goiânia – GO, Max & Luan deram um show, e não um show qualquer, subiram no palco do Espaço Dois Ipês, na capital sertaneja e registraram um novo capítulo da carreira, o segundo audiovisual, intitulado “Híbrido – Ao Vivo em Goiânia” – que assim como na tradução, vem para mostrar as diversas vertentes da dupla, além da marca registrada do sertanejo com uma pegada ‘desapegada’.

“Esse DVD é o divisor de água da nossa carreira e esperamos muito por esse momento. Estamos muito felizes de poder fazer essa gravação em Goiânia, na nossa casa e tivemos a casa lotada, depois de dois anos sem tocar aqui. Foi inesquecível”, destaca Max.

Com casa lotada e um cenário tecnológico, Max & Luan iniciaram o primeiro bloco do DVD com o grande sucesso “Vestido Coladinho”, que viralizou nas trends do TikTok e no Reels além de contar com quase 65 milhões de streams somente no Spotify.

O setlist ainda traz novas versões de músicas já conhecidas pelo público sendo: “Mendigando Amor” “Amante, Amiga e Namorada” que contou com a participação especial de Guilherme & Benuto –  e em tempo recorde essa será a primeira faixa a ser liberada amanhã (02/09), nas plataformas digitais e YouTube.

Nas faixas inéditas deste trabalho, os goianos receberam no palco Cleber & Cauan  participando da música “Quem é Quem” – dupla que faz parte da HitStar, mesmo escritório artístico dos anfitriões da noite, comandado por Cleiton Márcio. Vitor & Luan na faixa “Chorando na Porta”Tribo da Periferia – da cena brasiliense e referência do rap e hip-hop, na canção “Língua dos Anjos”, ao lado do cantor Felipe Sales dividiram o single “Channel” e por fim  DJ Chris no Beat  em “Ela é um Luxo” – trazendo a mistura do funk, eletrônico e sertanejo como sua marca registrada.

“Esse DVD mostra a evolução do Max & Luan, que traz metade com músicas de pegação e metade da gente apaixonado, bebendo largado, chorando na porta. Pessoal que entrou para o desapego e saiu com o coração lascado”, completa Luan.

“Híbrido – Ao Vivo em Goiânia”, traz a produção musical de Fábio Miranda, produção geral de Cleiton Márcio, fotografia e cenografia de Bruno Mello e direção de vídeo da Terra Produções.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *