Influenciadora digital, Marília dá dicas para arrasar nos festivais de música eletrônica

Influenciadora digital, Marília dá dicas para arrasar nos festivais de música eletrônica

Modelo confirma presença no Universo Paralello, realizado na Bahia, para a comemoração do Réveillon

Até o final do ano ocorrerão muitos festivais de música eletrônica por diversos Estados do Brasil como o House Mafia, Maori, Aslam, Terra Azul e o Universo Paralello. E, para não deixar de estar na moda, Marília afirma que o ideal é manter a sua autenticidade.

Com programação marcada do dia 27 de dezembro ao dia 3 de Janeiro no Universo Paralello, Maior Festival do Brasil e América Latina, a modelo, vencedora do Reality Musa do OnlyFans como a Mais Sensual, conta que é possível brincar com o look e o tornar ainda mais especial para o momento.

“Eu sempre gosto de causar, vejo um pouco da tendência e dou o meu próprio toque. O ideal é isso, buscar tendências e customizar colocando sua própria personalidade para que seja um look próprio. Gosto de abusar de correntes e acessórios, o que faz toda a diferença no final”, comenta.

Frequentando raves desde os seus 18 anos, Marília Oliveira, consolidada como digital influencer de música eletrônica que conta com mais de 80 mil seguidores no Instagram e cerca de 800 mil no TikTok, afirma que um dos lados mais positivo dos festivais é que ninguém está ali para julgar, por isso, é possível abusar da criatividade e ser você mesmo.

Dicas essenciais para quem quer ir em uma rave

Para quem pensa em se aventurar em algum festival de música eletrônica, Marília Oliveira deixa algumas dicas: “Leve sempre itens de higiene pessoal, principalmente lenço umedecido que você pode usar para tudo, desde tirar maquiagem, limpar algo ou para se limpar. A dica também é ter uma cartucheira ou pochete para guardar todas as coisas de valor com você. Celular com bateria e carregador portátil, sempre”.

A musa também indica levar casaco, pois de dia está calor, mas a noite sempre faz frio, além de usar sapatos confortáveis para não acabar ficando com nenhum machucado no pé.

Quando a festa permite barraca, é sempre bom levar para conseguir descansar e voltar com energia. “Mesmo se estiver sem fome, coma para não passar mal”, finaliza.

Higor Vicente

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *