Holding Clube cria arena imersiva para a participação da Coca-Cola no Lollapalooza Brasil

 Holding Clube cria arena imersiva para a participação da Coca-Cola no Lollapalooza Brasil
Foto: Divulgação

Sob a liderança da agência Samba, o projeto reforça o compromisso da marca com os pilares de ESG, além de promover ações exclusivas que se conectam aos diversos estilos e preferências do público presente no Festival

Este final de semana marca o início da 11ª edição de um dos maiores festivais de música, o Lollapalooza Brasil. Além dos shows eletrizantes de artistas do cenário musical nacional e internacional, o público aguarda com ansiedade as ativações dos patrocinadores, que levam a experiência do Festival a outro nível. Em 2024, a Coca-Cola, será uma das marcas confirmadas no Lolla Br com o Coke Studio, uma arena imersiva desenvolvida em parceria com a agência Samba, da Holding Clube.

Com uma área de 600 m², o Coke Studio envolve os presentes em uma série de ações que se conectam aos principais estilos musicais do line-up da edição, que abrange desde o pop até o indie. Além disso, o espaço reforça o compromisso da marca com os pilares de ESG, utilizando materiais reutilizáveis em sua estrutura, visando alcançar um objetivo de redução do desperdício, ampliando a gestão de resíduos. Além das rampas de acesso, o local também conta com um intérprete de libras, tornando a experiência mais inclusiva.

“Nosso desafio era criar um espaço onde a música fosse o principal elo de conexão, levando em consideração todas as particularidades e preferências do público”, afirma Gizele Costa, Head do Squad de Coca-Cola da Holding Clube. “Acreditamos no entretenimento inclusivo e diversificado, e este princípio foi um dos pilares fundamentais que nortearam o desenvolvimento da estratégia para esta ativação. Além de celebrar a música, queremos reforçar nosso compromisso com as pessoas”, conclui.

Ao visitar o espaço, o público poderá criar ‘friendship bracelets’ personalizados com os principais elementos de seus artistas favoritos. A ideia de trazer as pulseiras para a ativação surgiu da popularidade que esse acessório conquistou entre a Geração Z, sendo uma forma dos fãs homenagearem suas relações com músicas, álbuns e frases de seus ídolos. Além disso, a pulseira tornou-se uma parte essencial dos looks para shows e festivais de música, podendo ser trocada entre fãs em momentos especiais das apresentações.

Visando impulsionar a geração de conteúdo nas redes sociais, a arena também conta com uma cabine de chroma-key, pensada especialmente para os fãs de K-pop presentes no Lolla. Os participantes podem gravar vídeos dançando livremente no espaço, que são rapidamente disponibilizados e multiplicados, criando o efeito de um grupo de K-pop. Além dos espaços para fotos, a ativação também oferecerá distribuição de Coca-Cola.

Higor Vicente

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *