Hector Marks, destaque na cena do pagode, lança a faixa “Roda Gigante”

Hector Marks, destaque na cena do pagode, lança a faixa “Roda Gigante”

O cantor e compositor Hector Marks, que é destaque na cena do pagode nacional, lança nesta sexta-feira (10), seu mais novo single, “Roda Gigante”, lançamento que fecha com chave de ouro o ano de 2021. A faixa, que já está disponível em todas as plataformas digitais, chega acompanhada de um visualizer no canal do youtube do cantor.

Depois de “Frio Na Barriga” (feat. Inimigos da HP), “Contemplando o Sol (Padovan9 Remix)” e “Barco a Vela” (feat. Eder Miguel), singles lançados este ano, a nova faixa é uma composição do cantor com colaboração do compositor Diggo Martins e traz sobre o fim de um amor e o processo de superação.

“‘Roda Gigante’ é fruto de uma noite em que eu estava em casa, sozinho, tomando vinho e tive uma espécie de recaída amorosa (risos)”, conta Hector. “A música fala sobre estar por baixo, sobre ficar mal depois do término de um relacionamento e da vontade de dar a volta por cima! É uma composição antiga e agora, depois de um ano e meio, decidi gravar, mas ainda assim senti que faltavam algumas coisas, foi quando o compositor Diggo, de Salvador, me ajudou a finalizar a música da melhor maneira possível”.

O visualizer, disponível no youtube do artista, chega com direção do próprio cantor e Smoke. Quanto ao clipe, o artista afirma: “A inspiração veio de vídeos de artistas como Jaden Smith, Anavitoria, Kiaz… São artistas que eu gosto muito e estão sempre inovando! Vi poucas pessoas fazendo visualizers aqui no Brasil e decidi seguir esse caminho, de uma maneira diferente”.

Sobre a expectativa para o lançamento, o cantor afirma: “O fato de ‘Roda Gigante’ ser o último lançamento de 2021, simboliza fechar o ano com chave de ouro! Eu acredito muito nessa música e acho que as pessoas vão se conectar de uma forma muito diferente.”

Fazendo um balanço de como foi o ano de 2021 para ele artisticamente, Hector afirma: “2021 foi um ano desafiador em todos os sentidos, mas eu estou muito satisfeito com todas as parcerias que eu fiz neste ano. Todos os feats lançados e os que ainda não foram lançados, nasceram em 2021, então foi um ano muito especial.”

Para 2022, ele já sabe: “Ano que vem pretendo dar continuidade em alguns dos vários planos que eu e minha equipe criamos ao longo da pandemia! Um deles é um projeto autoral, ao vivo, que será inédito na minha carreira”, finaliza o cantor.

Sobre Hector Marks: 

Hector Marks começou sua carreira artística aos seis anos de idade, quando venceu o Concurso de Dança de Barueri, cidade onde nasceu, e foi convidado a se apresentar no Programa Raul Gil como cover infantil do cantor Alexandre Pires. A identificação foi tanta que o jovem artista circulou pelo Estado de São Paulo durante um ano com o vocalista do “Só Pra Contrariar”,  participando dos shows do grupo.

Aos 11 anos, Hector iniciou os estudos de teatro e foi durante uma peça musical na escola E.I.T que o cantor decidiu partir para a carreira de vocalista e ingressar na música. Aos 20 anos gravou o seu primeiro EP com quatro faixas autorais, em seguida fez parte da Banda FUN7, por onde permaneceu por quatro anos se apresentando nos principais palcos do Brasil.

Nos dois últimos anos, o lado compositor do Hector vem sendo explorado de maneira marcante e ganhando espaço no mercado. Entre as mais de 250 composições, “Bipolar” e “Sem Medo” são duas que ganharam destaque nacional.

O artista já dividiu palco com Thiaguinho, compôs parceria com Fiuk, lançou com MC Kekel, DJ Shark, Pele Milflows, cantou em festas de Neymar, se apresentou no lançamento do filme “Sextuplets”, estrelado pelo ator Marlon Wayans, famoso por estrelar filmes como “As Branquelas” e “Todo Mundo em Pânico”.

Hector divide alegria por onde passa e lota casas de show. Seu repertório transita entre o pagode, samba pop e brasilidades no geral, mas sempre com uma roupagem autoral, imprimindo uma sonoridade própria até mesmo nas músicas mais conhecidas de outros artistas.

Durante o ano de 2021 o cantor lançou faixas e feats que conquistaram ainda mais o coração do público, sendo eles: “Têm História Não (feat Shar, MC Kekel e Pelé MilFlows), “Frio Na Barriga (Feat Inimigos da HP)”, “Contemplando o Sol (Padovan9 Remix)” e “Barco a Vela (Feat Eder Miguel)”.

Thiaguinho, Alexandre Pires, Seu Jorge e Ne-yo são cantores e personalidades que inspiram Hector diariamente na música. “Busco muito referência neles e acho que isso me ajuda a me encontrar como artista”, completa o cantor.

Em relação à sua carreira, Hector sonha alto: “Meus maiores sonhos são continuar impactando a vida das pessoas através das minhas músicas, mudar a vida da minha família, ganhar um Grammy, ser reconhecido mundialmente pelo meu trabalho, ser inspiração para todas as pessoas que sonham em viver da música”.

Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: