Ex-nora de Mr. Catra, DJ Jéssica Salty ostenta cordão de ouro em lançamento do trap “Aulas de Palestra”

Ex-nora de Mr. Catra, DJ Jéssica Salty ostenta cordão de ouro em lançamento do trap “Aulas de Palestra”

Acostumada às batidas do funk, gênero em que despontou no início da pandemia, DJ Jéssica Salty, mais conhecida como “princesinha da Disney”, decidiu se aventurar numa nova sonoridade. Ex-nora do saudoso Mr. Catra, a moça, que é formada em jornalismo, em teatro, dança e agora brilha dominando as pick-ups dos maiores eventos do Brasil, lançará na próxima sexta-feira, 05, o videoclipe de “Aulas de Palestra”, que marca a sua primeira incursão no trap. Com participação de QXÓ, a música simboliza a consolidação de Jéssica nas paradas de sucesso nacionais.

Com composição assinada pela própria DJ, em parceria com QXÓ e o rapper Fantasma, a faixa conta com produção musical do respeitado nome do funk, Gustavinho O Mago e promete elevar a temperatura e tirar o fôlego a cada nova cena. Além de exaltar o empoderamento feminino e a liberdade sexual da mulher, quebrando de uma vez por todas os rótulos criados pela sociedade. O clipe, ambientado na comunidade Vila do João, no Complexo da Maré, Zona Norte do Rio de Janeiro, traz um clima de muita sensualidade, ousadia e ostentação com direito a cenas quentes de Jéssica, cordão de ouro e muita grana.

“Minhas expectativas para essa música são as melhores possíveis, porque ela já está pronta há um ano, mas não achava que era a hora ainda de lançar. Queria esperar um pouco mais, crescer mais no funk, para então eu poder aparecer com outro projeto. E isso não significa que agora eu serei uma artista de trap. Não, eu sou uma DJ de funk, mas quero também poder experimentar novos ritmos, me aventurar em outros sons e esse está muito bom. Tem uma produção muito boa. Eu queria um clipe forte, com uma equipe a altura do som. E agora eu me sinto mais segura e preparada para apresentar ao público uma Jéssica que ninguém conhecia, e que tenho certeza que vão amar”, avalia Jéssica sobre a música, que traz ainda, uma singela homenagem ao saudoso Mr. Catra.

“Lembro de nós dois no banheiro do baile teasando e no som tocava Mr. Catra…”, é assim que a DJ, que nesse single estreia também como cantora, reverencia o legado do ex-sogro, também conhecido como “Paizão do Funk”. “Eu fui nora do Mr. Catra por seis anos. Eu fui casada com o Allan, filho dele. E nessa época eu era dançarina do Latino, não imaginava que estava na maior escola de funk do Brasil. Foram os seis anos mais divertidos da minha vida, porque o Negão, além de ser meu sogro, ele era muito meu amigo”, relembrou Jéssica, completando em seguida que foi dele que veio o conselho mais importante para a sua trajetória musical no funk.

“Uma das nossas últimas conversas aconteceu quando ele já estava doente, já bem mal. Ele me olhou muito sério e perguntou se era aquilo mesmo que eu queria para a minha vida. Então me falou que o funk não é brincadeira, e que eu não podia brincar de estar no funk. Tinha que estar de verdade. Foi aí que me perguntou: ‘Você está no funk?’, ‘Você sente o funk em você?’ ‘Então eu vou te falar uma coisa, tudo vai acontecer para você desistir. Você não está ligada, é tudo mesmo. E você não vai desistir, porque se você desistir, você é fraca’. E até hoje, aconteceu muita coisa, mas eu sempre penso nisso, que eu prometi para ele que não desistiria”, conclui.

Veja o clipe:

Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: