Do Brasil para o Mundo: Artista brasileiro faz sucesso cantando samba nos EUA

Do Brasil para o Mundo: Artista brasileiro faz sucesso cantando samba nos EUA
Créditos: Divulgação

Edu Ares tem seu trabalho sendo reconhecido no exterior e já abriu shows de outros grandes artistas nas cidades americanas.

 

O Brasil é muito conhecido pelos seus ritmos musicais e pelas vozes desses estilos, que são tão acalentadores e percussores de muitas outras vertentes mundo afora. Com a chegada da pandemia e da crise, o setor cultural foi e ainda é um dos que mais sofre com esse contexto, fazendo com que diversos artistas apostem em shows internacionais para voltarem aos palcos. 

Um grande exemplo dessa enorme referência que somos para o resto do mundo é o samba, estilo já consagrado e adorado pelos gringos. Foi justamente pensando em levar nossa cultura para o exterior e ir na contramão da situação do Brasil, que o brasileiro e cantor Edu Ares se tornou um marco nos Estados Unidos. “Eu nasci em São Paulo, estudei e cresci em Nova York e hoje vivo em Orlando. Me divido entre um país e outro para visitar amigos e família”, conta o cantor. 

Durante sua carreira solo, Edu coleciona boas histórias de shows e artistas que conheceu. Xanddy, cantor do ‘Harmonia do Samba’, foi um dos primeiros com quem fez uma parceria e a o ajudar em sua carreira. O ex- ‘Os Travessos’, Rodriguinho, também é lembrado com admiração e carinho pelo músico. 

Quando perguntado sobre suas maiores dificuldades em outro país, é direto: “Acabei abdicando de muita coisa na minha vida, muita coisa para sair do Brasil, para tentar uma luz no fim do túnel. Hoje, mesmo com a situação um pouco melhor, ainda rola alguns perrengues, faz parte da vida”. Já em tom de brincadeira, confessa que tem muita dificuldade para lembrar letras de música: “Misturo amor com ardor, café com pois é, mas agora eu estou usando a tecnologia ao meu favor”. 

Essa mistura do Brasil com a terra do tio Sam não poderia resultar em outra coisa: um estilo eclético que mistura o nosso samba com soul music. Quando perguntado sobre suas referências, cita grandes nomes dos dois países que realmente fazem jus à sua personalidade musical. Tim Maia, Fundo de Quintal e James Brown, são algumas das fontes de inspiração de seu trabalho.

Higor Vicente

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: