“Coaching do Amor”: romance e humor na medida certa 

“Coaching do Amor”: romance e humor na medida certa 
Créditos: Divulgação

Coaching do Amor”, websérie roteirizada, dirigida e protagonizada por Fernanda Sanches, foi lançada na última quinta-feira (04) e já está encantando o público com a temática e abordagem de uma coach e suas clientes na missão de achar o amor ideal. Os capítulos são lançados toda semana e estão disponíveis gratuitamente no Youtube.

Após se aventurar em diferentes carreiras, a protagonista parece ter encontrado a profissão perfeita como coach de relacionamentos. Enquanto ensina suas novas clientes  como ter um relacionamento ideal e encontrar o amor perfeito, ela lida com o casamento conturbado e se vê com dificuldades em aplicar as próprias regras do programa de coaching em sua vida amorosa. 

A websérie é uma comédia-romântica e vem do sonho como atriz de Fernanda Sanches em dar vida a um personagem no gênero e inspirada em histórias e vivências reais.

“Tenho um lugar muito romântico em mim, que chora em casamentos, que sonha e quer viver uma grande história de amor. Por outro lado, também quero rir disso e poder, de certa forma, desconstruir esse romantismo através do humor. Muitas obras que vemos atualmente, têm trazido um novo olhar sobre questões que são enraizadas em nós mulheres, como o próprio romantismo e o sonho do casamento. Como falar desse sonho e ao mesmo tempo também fazer uma crítica a isso? A ideia de abordar essas temáticas em ‘Coaching do Amor’ vem da minha vontade de colocar um caleidoscópio em cima disso, mostrar os diversos lados de uma mesma questão. E, como atriz, a comédia-romântica era um gênero que nunca tive a oportunidade de trabalhar. A sementinha da série, na verdade, surgiu da vontade de fazer uma personagem como essa”, conta Fernanda.

Junto com a história da protagonista Bárbara Avelar, acompanhamos também as aventuras de suas clientes: Mônica (Giulia Nadruz), uma romântica que sonha com príncipes encantados e histórias de filmes; Vanessa (Biah Ramos), uma mulher ousada, quase inconsequente, representando as loucuras que fazemos por amor; Cláudia (Aline Carrocino), que traz a dificuldade de manter a chama acesa de uma relação junto com a maternidade e Márcia (Andrea Dupré), uma mulher moderna, feminista, que vê com maus olhos toda essa idealização rômântica.

Atriz Giulia Nadruz em cena como Mônica

E, apesar de toda leveza de como as questões trazidas por “Coaching do Amor” são tratadas, foi preciso medir a intensidade das pequenas críticas que são feitas no desenvolvimento da trama. Para muito além do que é visto , a websérie entrega uma forte reflexão sobre a idealização do amor e possibilidade de identificação do público para com as personagens e histórias traçadas.

“Acredito que a mensagem principal da série, afinal, seria: será que o amor que eu idealizo é o amor que me fará feliz? É o amor que eu realmente quero viver?”, afirma a Fernanda. 

Com apenas dois episódios já lançados, o público tem muito para conferir em “Coaching do Amor” no desenrolar da trama.

Os novos episódios serão lançados toda quinta-feira, às 19h no canal da websérie no Youtube. Ansiosos para conhecer mais da Bárbara e das outras personagens?

Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *