Banda virtual brasileira CriaZ do Bit lança clipe de seu mais recente single, “Isso Não É Hit” 

Banda virtual brasileira CriaZ do Bit lança clipe de seu mais recente single, “Isso Não É Hit” 

CriaZ do Bit, primeira banda virtual brasileira que conta com nomes como Pablo Bispo e Ruxell, produtores e compositores responsáveis por alguns dos maiores sucessos de Anitta, Gloria Groove, Ludmilla, IZA, Pabllo Vittar e Pedro Sampaio, na produção musical, lança hoje (07) o videoclipe de seu mais recente single: “Isso Não É Hit”. O audiovisual foi desenvolvido por uma equipe de modeladores e animadores 3D que também fazem parte da empresa gaúcha Little Devil Company, feito na plataforma “Unreal Engine”.

CriaZ do Bit é formada pelos personagens Alice, Caramelo e Tilt. Quem dá vida aos personagens é o próprio Pablo Bispo, como Caramelo (um cão que é MC), a cantora Thamy Mangia como a humana Alice, e Sabrina Azevedo como a robô Tilt. 

O idealizador do projeto, João Luccas Caracas, do estúdio criativo de bandas e narrativas digitais Drywet, explica a ideia do vídeo: “Para o lançamento de “Isso Não É Hit”, levamos os CriaZ do Bit ao espaço, cenário principal da jornada da banda. Eles param para reabastecer a nave e aproveitam para comer em uma cafeteria ao estilo dos anos 50 americanos, onde realizam uma performance da música. Desta vez, a ênfase é na banda tocando para um pequeno e desinteressado público, refletindo a realidade de muitos artistas no início de suas carreiras, algo que eu já vivenciei. Acredito que, independentemente do tamanho ou interesse do público, o artista deve sempre se esforçar para dar o seu melhor, como se estivesse diante de um estádio lotado.  De certa forma, tentamos passar essa mensagem”, completa.

Com uma letra divertida e ácida, “Isso Não É Hit” traz uma mistura de funk e rock com um refrão “grudento” (como, ironicamente, todo bom hit deve ter): “E eu cantei pra ela e ela disse / Isso não é hit / Isso não é hit e ninguém vai gostar”. Esta faixa é o segundo lançamento do projeto CriaZ do Bit, sucedendo o EP “Faya Baby”, lançado no final de outubro e que trouxe duas faixas: “Faya Baby” e “Olho do Furacão”. O projeto CriaZ do Bit conta com estratégia de marketing musical e distribuição digital feita pela aceleradora Atabaque e foi desenvolvido como um conceito inovador no território nacional, explorando as fronteiras entre cultura e tecnologia, trazendo o que há de mais novo no mundo da música. Em um mês de lançamento do seu EP de estreia, “Faya Baby”, o CriaZ já soma quase 100 mil ouvintes mensais apenas no Spotify. Além disso, os clipes das duas faixas já acumulam mais de 1 milhão de views apenas no YouTube e o conteúdo das redes sociais combinadas da banda somam mais de 3 milhões de views até o momento.

Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *