Após sucesso de EP, Lalalaura chega com novo single “Talvez o problema seja eu”

Lançamento é realizado pelo selo Papaya Music, de Pe Lu, Fred Vieira e Renato Frei, e chega a todos aplicativos de música nesta sexta-feira, 7 de outubro

Com influências de The Strokes, Wet Leg e Courtney Barnett, a cantora e compositora, Lalalaura traz um tema mais do que atual em seu novo single “talvez o problema seja eu”: a ansiedade. Parte do selo Papaya Music, dos produtores e compositores Pe Lu (Restart, SELVA), Fred Vieira (SUBB) e Renato Frei, a artista comemora o sucesso do EP “Não sei usar Excel” com o lançamento da faixa inédita em todos os aplicativos de música nesta sexta-feira, 7 de outubro.

De forma inventiva, trazendo um humor crítico dos outros e de si, Lalalaura apresenta um rock indie direto e reto. “Essa é uma carta aberta, leia quem tiver afim, sempre tive uma ou duas manias”, ela canta sobre baixo e guitarra que carregam o single. “A música fala bastante sobre ansiedade, do começo ao fim. Foi um jeito que eu encontrei de expressar essa parte de mim. Fala sobre como hoje em dia é complicado se manter presente no momento, calmo e centrado, e como no final sempre acabamos com um sentimento inevitável de culpa”, explica a cantora.

Produzido pelo selo Papaya Music (dos produtores e compositores Pe Lu, Renato Frei e Fred Vieira), “talvez o problema seja eu” busca continuar o trabalho que já foi visto em playlists editorais como Pop leve, Indie Brasil, oiii, Supernova, Fresh Finds Brasil, Rockers, Radar Brasil, do roqueeee, Rock Leve e pov.

Dirigido pelo Toni Ferreira, o clipe foi todo realizado no VHS de forma espontânea com o objetivo de passar uma sensação de diversão e adolescência.

Com mais de 600 mil streams nas plataformas e com uma fan-base dedicada e engajada. Lalaura está em franca ascensão, já tendo sendo sido capa de três playlists editoriais no Spotify e colecionando mais de 85k seguidores no Tik Tok e 16k no Instagram.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *